Crise de Ansiedade – Como Detectar Uma Crise de Ansiedade e Enfrentar

Como detectar uma crise de ansiedade e enfrentá-la. É comum que as crises de ansiedade estejam relacionadas a momentos de muito estresse ou a acontecimentos traumáticos. Mas isso não é uma regra, qualquer pessoa que sofre com o problema pode ter uma crise mesmo quando está calma, os fatores que desencadeiam uma crise são os mais variados.

As crises de ansiedade são na verdade uma reação emocional extrema de alarme, ou seja, é o organismo indicando que algo não está bem. Muitas vezes a pessoa apresenta além sintomas psíquicos, sintomas físicos que prejudicam a qualidade de vida.

crise de ansiedadeO medo é o fator psicológico que mais se manifesta nas crises de ansiedade ou de pânico. Ele é poderoso e pode deixar a pessoa sem reação ou extremamente alarmada e nervosa.

O medo também é capaz de produzir o desconhecimento dos próprios sintomas.

As crises surgem em situações comuns como numa entrevista de emprego, num primeiro encontro, antes de realizar uma prova, etc. Porém, é preciso bastante atenção, pois quando uma crise aparece sem uma explicação aparente e a pessoa se sento com medo, ansiosa e inquieta, é preciso procurar ajuda para controlar e principalmente identificar o que motivou a crise.

A melhor maneira de evitar uma crise de ansiedade é sem dúvida conhecer os sintomas da ansiedade.

Um exemplo: quando a pessoa entra em crise, tem uma taquicardia e começa a achar que está sofrendo um ataque cardíaco, ai ela se assusta mais e com isso a ansiedade aumenta e claro, a taquicardia piora.

Por isso, destacamos a importância de saber os sintomas, assim a pessoa ao sentir a crise não assusta tanto, entende que o que ela está sentindo não causará nenhum dano a sua saúde e a crise será minimizada.

sintomas de crise de ansiedade

Os sintomas mais comuns numa crise de ansiedade são:

– taquicardia

– aumento repentino do nível de ansiedade

– medo excessivo

– aumento da temperatura corporal

– palpitações e tremores

– sudorese

– Despersonalização (sentir-se fora de si mesmo) ou desrealização (sensação de que o que está acontecendo não é real)

– medo de morrer

– perder o controle, nervosismo

– sensação de irrealidade

– desconforto no peito

– sensação de formigamento nos membros, entre outros sintomas.

É importante ressaltar que, esses sintomas não aparecem em todas crises, nem em todas as pessoas que sofrem de ansiedade. Em geral eles podem variar bastante, cada pessoa apresenta um quadro diferente.

libertação da crise de ansiedadeO tempo de duração de uma crise também é indeterminado, pode durar apenas 10 minutos ou horas, tudo depende de como a pessoa processa o que está acontecendo com ela, por isso, ressaltamos a importância do tratamento psicológico especializado, ele ajudará muito nesse processo.

Uma boa dica é: ao começar uma crise procurar desviar a atenção dos sintomas assim que começar a senti-los, assim eles não serão agravados. Mudar o foco é fundamental no controle da crise.

Sendo assim, para ajudar uma pessoa que está passando pelo problema, o ideal é ajudá-la a desviar sua atenção dos sintomas que está sofrendo. Procure manter uma conversa ativa, mesmo que a pessoa não esteja com a atenção totalmente voltada para você. Durante a conversa tente mudar o foco do assunto e faça o possível para que a pessoa que está tendo a crise converse com você, para que ela fale.

Diga sempre para ela manter a calma, não ajude a “aumentar” os sintomas, tente mostrar que eles vão passar e qualquer pessoa sente quando está um pouco nervosa ou ansiosa.

E-book Grátis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *