Drogas Sintomas e Tratamento – Saiba Mais Sobre Sintomas e Tratamento

Drogas Sintomas e Tratamento               Drogas Sintomas e Tratamento

Identificar se uma pessoa usa drogas pode não ser tão simples quanto se pensa.

 

Em muitos casos os sintomas da toxicomania principalmente em seu estágio inicial não são fácil reconhecimento pelas outra pessoas, são pouco visíveis.

Há casos em que a própria família demora a perceber, podendo levar muito tempo até descobrirem o problema das Drogas Sintomas e Tratamento.

Caso você tenha alguma suspeita de que um parente, amigo ou colega esteja consumindo drogas é preciso prestar atenção e procurar determinados sinais que denunciam o uso de drogas. São eles: posso de comprimidos, sementes, fumo de cor marrom esverdeada, capsulas, algum tipo de pó, cigarros de fabricação caseira, seringas, entre outros.

Vale destacar que nem sempre a pessoa viciada carrega alguns desses itens consigo, ela pode utilizar um local para guarda-las, mas existem pessoas que já não se preocupam mais em esconder.

Reparar no comportamento da pessoa também é muito importante, pois ele em geral é um fator determinante para identificar o vício em alguma pessoa. As alterações de comportamento são comuns e em alguns casos frequentes.

A pessoa muda de amizades, suas atitudes também são diferentes, a maneira de se vestir, a disposição para as atividades do dia a dia são afetadas, a pontualidade na escola ou no trabalho também podem indicar que algo de errado está acontecendo.

É importante destacar também que cada tipo de droga possui efeitos e sintomas diferentes, por exemplo, os usuários de sedativos, podem ter falta de equilíbrio frequente, tremores, confusão mental, etc.

O abuso desse tipo de droga assemelha-se a embriaguez. Já o indivíduo que faz uso da maconha poderá tornar-se apático, sonolento, ter aumento do apetite e olhos vermelhos.

Um indivíduo que faz uso do LSD pode apresentar-se desorientado, rir nervosamente e ter fugas da realidade. É comum que esse tipo de usuário consiga ter controle de suas ações, por isso ao ser observado não será percebido os sintomas tão claramente.

Sintomas a longo prazo

Os sintomas a longo prazo podem se intensificar, se tornarem mais aparentes e assim as pessoas ao redor poderão nota-lo com facilidade.

Nessas situações os casos de vicio já se encontram avançados e pode ser mais difícil conversar com a pessoa sobre o problema ou tentar ajudar de alguma maneira a ver as Drogas Sintomas e Tratamento .

Uma dependência enraizada pode sim ser tratada, mas somente através de incentivo, vontade da pessoa e ajuda especializada.

Sair do vicio sozinho é algo extremamente raro, o mais comum é negação, falta de aceitação de que se está viciado em algo. E forçar um tratamento pode ser prejudicial.

A longo prazo os sintomas vão tomando conta da pessoa viciada e os problemas de convivência, principalmente familiar são agravados consideravelmente.

Podemos considerar como fator mais importante no tratamento do vício em drogas o diagnóstico precoce, é claro que nem sempre isso é possível ou fácil de ser percebido.

Por isso, ao perceber qualquer mudança na pessoa procure observa-la mais e tentar fazer o diagnóstico inicial do problema das Drogas Sintomas e Tratamento .

Na fase inicial do problema o tratamento pode ser mais eficaz e rápido, embora cada caso seja um caso, não há como generalizar.

A pessoa viciada ao ser encaminhada para tratamento e reagir positivamente as primeiras medidas da reabilitação é considerado um bom sinal.

Quando o período de consumo da droga for prolongado mais se desenvolve tolerância e necessidade do aumento progressivo das doses.

Podemos considerar que uma pessoa com dependência quando possui suas quantidades de doses diminuídas é que os sintomas da abstinência surgem.

E em alguns casos quando ela não consegue obter a substancia da qual depende, tenta mascarar a carência consumindo outros tipos de drogas.

Tratamento

O tratamento ou reabilitação é uma tarefa difícil e complexa, inicia-se com um projeto terapêutico, onde é necessário que a pessoa em primeiro lugar deseje e esteja interessada em libertar-se da droga.

E cabe aos profissionais de saúde, à família e aos amigos a ajuda através do incentivo para que ele participe do tratamento.

No local adequado e com bons profissionais o tratamento de uma dependência física é considerado fácil e geralmente não oferece grandes dificuldades.

São usadas medicação adequada sob orientação médica e através dela é que se proporciona uma desintoxicação sem “sofrimento” físico.

A parte mais difícil e complicada mas fundamental para a desabituação e reintegração da pessoa viciada é a mudança das suas atitudes e comportamentos em relação a vida sem drogas.

Existem diversas instituições e organizações voltadas para o tratamento e recuperação de pessoas com dependência em drogas, procure se informar sobre ela e sua forma de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *